Blog • News

A semana do design

+

“É o tipo de design que engloba cada vez mais os princípios da economia circular e uma maior consciência ambiental, que considera um objeto muito além de sua função, promovendo e encorajando práticas de compartilhamento e reutilização. A criação de design hoje em dia envolve pensar no futuro, na sua sustentabilidade. Não apenas em termos de uso dos materiais, mas também de processos produtivos, mantendo os padrões de qualidade certificados e universalmente reconhecidos em primeiro lugar, mas também pensando em projetos que irão durar por muito tempo”. Retirado do Manifesto da 57ª edição do Salão do Móvel de Milão, o texto acima apresenta a proposta da mostra – considerada o maior e mais importante evento de design e mobiliário do mundo: refletir sobre o futuro do design e explorar o equilíbrio entre o artesanal e as novas tecnologias. Entre os [continue lendo…]

A tendência do localismo

+

“Hoje, localismo tem um sentido positivo. Trata-se de valorizar a qualidade de vida dentro dos limites do bairro. Morar, trabalhar, estudar, consumir e relaxar ao alcance de uma caminhada ou de algumas pedaladas. Do jeito que a coisa vai, vamos todos nos tornar localistas, queiramos ou não”. Em sua coluna no jornal O Globo, o jornalista Arthur Dapieve define bem um movimento mundial que vem se tornando cada vez mais forte: o localismo. Com a vida cada vez mais corrida e o trânsito caótico das cidades, fazer a vida caber em um bairro é um sonho para muita gente. Trabalhar, estudar, fazer compras e se divertir sem precisar fazer grandes deslocamentos não gera apenas economia (de tempo e dinheiro), mas também qualidade de vida. Em cidades como Nova Iorque (Estados Unidos), Copenhague (Dinamarca) e Barcelona (Espanha), o localismo já é [continue lendo…]

Design com assinatura

+

“O móvel não é só a figura, a peça, não é só o material de que esta peça é composta, e sim alguma coisa que tem dentro dela. É o espírito da peça. É o espírito brasileiro. É o móvel brasileiro”. Criador da poltrona Mole – um ícone do mobiliário nacional que em 2017 completou 60 anos –  Sergio Rodrigues foi um dos responsáveis pela projeção internacional do design brasileiro. Hoje, peças suas e de grandes nomes como Joaquim Tenreiro, José Zanine Caldas, Flávio de Carvalho, Paulo Alves, Jader Almeida, Irmãos Campana e Zanini de Zanine ganharam status de arte e, por meio de suas linhas, levam nosso DNA e nossa cultura pelo mundo. São, por exemplo, poltronas com desenho inspirado nas colunas de Niemeyer do Palácio da Alvorada ou nas cuias e tigelas de barro usadas pelos indígenas. Unindo [continue lendo…]

Um novo olhar sobre a arquitetura

+

Em uma paisagem urbana dominada por prédios neoclássicos, surge um movimento que busca tornar a arquitetura mais humana e autoral. Uma arquitetura que tem como ponto de partida o comportamento humano para projetar, edificar e planejar a cidade. Uma arquitetura que pretende emoldurar e tornar mais interessante o espaço que interfere. Afinal, segundo o arquiteto Frank Lloyd Wright, “um edifício bom não é aquele que fere a paisagem, mas aquele que faz a paisagem mais bonita do que era antes de sua construção”. Já bastante difundido em países europeus, como Londres, Paris e Barcelona, este novo olhar sobre a arquitetura é cosmopolita e pretende moldar as cidades mais voltadas às pessoas. É uma arquitetura que busca resgatar a convivência, o bem-estar e a qualidade de vida – pensada para quem deseja vivenciar a cidade e seus espaços. E que está [continue lendo…]